Cultura

Coldplay convidam atriz iraniana para tocar 'hino' dos protestos no Irão

A banda britânica de rock convidou uma atriz iraniana, Golshifteh Farahan, para cantar a música, que tem sido um símbolo para os manifestantes.


Os Coldplay deram na segunda-feira à noite um concerto, em Buenos Aires, no qual tocaram um tema iraniano como forma de protesto à repressão que aquele país tem vindo a ver alvo, principalmente desde a morte de Mahsa Amini, a 16 de setembro.

A banda britânica de rock convidou uma atriz iraniana, Golshifteh Farahan, para cantar a música, que tem sido um símbolo para os manifestantes. O tema chama-se “Baraye” e é considerado um hino de revolta para as pessoas, nomeadamente para as mulheres, que tem protestado nas últimas semanas.

O momento – além de ter sido presenciado pelas 60 mil pessoas que se encontravam no estádio River Plate – foi visto  em mais de 80 países onde o concerto estava a ser emitido em direto pela lente de Shervin Hajipour, que escreveu a música, chegando a ser preso pelas autoridades daquele país, estando agora em liberdade.

A banda encontra-se em digressão e este foi o quinto de dez concertos que tem marcado, incluindo em Portugal, na cidade de Coimbra, de 17 a 21 de maio do próximo ano.

A curda iraniana, de 22 anos, morreu no dia 16 de setembro, três dias após a sua detenção pela polícia de moralidade em Teerão, onde estava a visitar o irmão mais novo. A detenção justificou-se por violar o rígido código de vestuário da República.

 

Os comentários estão desactivados.