Internacional

Polícia ucraniana descobre 34 câmaras de tortura

A polícia ucraniana adianta que até segunda-feira instaurou 40.742 processos criminais por crimes cometidos pelas tropas russas no território da Ucrânia.

Polícia ucraniana descobre 34 câmaras de tortura

As autoridades ucranianas anunciaram esta terça-feira terem descoberto 34 câmaras de tortura em prisões criadas pela Rússia.

“Descobrimos nas áreas desocupadas 34 locais onde os russos detiveram ilegalmente e torturaram cidadãos”, publicou no Telegram o serviço de imprensa da Polícia Nacional Ucraniana. Foram descobertas 24 na região de Kharkov, três em Kherson, duas em Sumi e outras na região de Kiev e Donetsk.

A polícia ucraniana, na mesma publicação, adianta que, até segunda-feira, instaurou 40.742 processos criminais por crimes cometidos pelas tropas russas no território da Ucrânia.

Foram abertos 29.817 processos por casos de violação das leis e práticas de guerra, 8.912 relacionados à usurpação da integridade territorial e inviolabilidade da Ucrânia, 1.841 por colaboração com o inimigo, 87 por alta traição e 37 por sabotagem.

Os comentários estão desactivados.