Internacional

Guerra. Unidade de elite do exército russo queixa-se da incompetência das chefias

O Ministério da Defesa da Rússia ainda não fez qualquer comentário sobre a alegada carta de protesto dos militares russos, que fala em “centenas de baixas”.

Guerra. Unidade de elite do exército russo queixa-se da incompetência das chefias

Os soldados da Brigada da Marinha de Guerra 155 – uma unidade de elite do exército russo – enviaram esta segunda-feira, ao governador do distrito russo de Primorye, uma carta de protesto em que se queixam das altas baixas que sofreram num ataque recente devido à estratégia “incompetente” do comando. 

"Os soldados da Brigada da Marinha de Guerra 155 enviaram uma carta ao governador de Primorye, Oleg Kozhemyako, queixando-se das ações de comando e que causaram grandes baixas", escreveu o jornal Meduza, com sede em Riga. Note-se que esta unidade militar é considerada uma força de elite.

O Ministério da Defesa da Rússia ainda não fez qualquer comentário sobre a alegada carta de protesto dos militares russos, que fala em “centenas de baixas”.

O mesmo jornal, que cita outras fontes não identificadas, adianta que esta unidade perdeu mais de metade dos veículos blindados de que dispunha.

Na carta, aquela unidade pede ainda ao governador de Primorye que solicite ao "comandante supremo das Forças Armadas russas" o envio de uma comissão independente para investigar a alegada derrota para as forças de Kiev.

Os comentários estão desactivados.