Sociedade

Homem morto permaneceu oito horas no meio da rua em Almada sem que ninguém desse por ele

O homem de 62 anos caiu do quinto andar de um prédio no Laranjeiro, em Almada, em cima de um carro.


O corpo de um homem, de 62 anos, manteve-se na via pública durante oito horas sem que ninguém tivesse dado conta. 

De acordo com o Correio da Manhã, o homem caiu do quinto andar de um prédio no Laranjeiro, em Almada, em cima de um carro. 

Fonte da PSP avançou que o homem estava alcoolizado e a queda terá ocorrido entre as 22 e as 23 horas de sábado.

Segundo a mesma fonte, o homem que residia no prédio em questão, regressava a casa quando percebeu que não tinha chaves para entrar em casa. Pediu então ajuda a uma vizinha do andar de cima para descer pela varanda - a mulher não terá dado conta da queda.

O corpo só foi encontrado de manhã por outro vizinho, tendo sido mobilizados os meios de socorro e emergência.

Para o local, foram chamados a PSP e os Bombeiros de Cacilhas.

A Polícia Judiciária já abriu investigação. 

Os comentários estão desactivados.