Sociedade

SEF deteve 16 pessoas este fim de semana nos aeroportos nacionais

Um dos cidadãos era português e tinha um mandado de detenção pendente. 


O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, durante o fim de semana, 16 passageiros com documentos falsos nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro e Ponta Delgada. 

O anúncio foi feito esta segunda-feira num comunicado divulgado pelo serviço, onde é referido que os cidadãos estrangeiros foram detidos por fortes indícios de falsificação ou contrafação de documentos, tendo ainda sido detido um cidadão nacional sobre o qual pendia um mandado de detenção. 

No aeroporto de Lisboa foram detidas 13 pessoas por uso de documentos fraudulento enquanto tentavam embarcar com destino a Cancun e Instambul, sendo que, no aeroporto do Porto, o SEF deteve dois cidadãos estrangeiros pelo uso de documento de viagem fraudulento e alheio durante o controlo documental à saída de território nacional, com destino a Dublin.

Já no aeroporto de Ponta Delgada, nos Açores, foi detido um outro passageiro por uso de documento de viagem fraudulento, quando tentava embarcar com destino a Toronto e no aeroporto de Faro, na sequência de um mandado de detenção, foi detido um cidadão de nacionalidade portuguesa, procedente de Birmingham, para cumprimento de pena efetiva de prisão de dois anos e oito meses por furto qualificado, tendo sido levado para a prisão de Custóias, em Matosinhos.

Os comentários estão desactivados.