Economia

Insolvências baixam 14,5% em outubro face a 2021

Constituições em outubro diminuíram de 3 708 em 2021 para 3 566, revela a Iberinform.

Insolvências baixam 14,5% em outubro face a 2021

As insolvências baixaram 14,5% em outubro, face ao mês homólogo do ano passado, atingindo um total de 388 insolvências, menos 66 que em 2021. Os dados são da Iberinform que revela que, no total do ano, regista-se um valor global de 3 325 insolvências, menos 579, o que traduz um decréscimo de 14,8% no comparativo anual.

A Iberinform revela que, por tipologias de ações, até final de outubro deste ano, as declarações de insolvência requeridas por terceiros diminuíram 19,7% (menos 146 pedidos), enquanto as apresentações à insolvência pelas próprias empresas baixaram 21,4% face a 2021 (menos 166 empresas). Já os processos de encerramento com plano de insolvência também baixaram, neste caso 5,1% face a 2021. Foi declarada a insolvência de 2 080 empresas (total de processos), menos 265 que no ano transato.

Os distritos de Lisboa e do Porto são os que apresentam os totais de insolvências mais elevados: 891 em Lisboa e 756 no Porto. Face a 2021, regista-se uma redução de 0,7% na capital e de 22,1% na cidade invicta. 

Por atividades, há um incremento de 27,3% nas insolvências no setor da Eletricidade, Gás e Água, enquanto os Transportes mantêm posição idêntica a 2021 (total de 151 insolvências).

Já as constituições em outubro diminuíram de 3 708 em 2021 para 3 566, menos 142 novas empresas constituídas, o que traduz um decréscimo de 3,8%. Contudo, no acumulado, há um aumento de 16% face ao ano passado, com 40 176 novas empresas constituídas, mais 5 553 que em igual período do ano passado.

Lisboa lidera o ranking das constituições com 13.996 novas empresas (incremento de 28,6% face a 2021), seguida a alguma distância pelo Porto com 6.705 constituições (mais 9,7% face a 2021).

Já a D&B revela que até 31 de outubro foram constituídas 40 529 novas empresas em Portugal, um registo 16% superior ao do ano passado e que já está apenas 4% atrás de 2019. O setor dos Transportes continua com crescimentos muito significativos na criação de novas empresas, com mais 1 934 constituições do que em 2021, que correspondem a um aumento de 123%.

Os comentários estão desactivados.