Internacional

Efemérides de 15 de Novembro (2022)

2021. O ex-assessor de Trump e um dos seus principais ideólogos, Stephen Bannon, entregou-se há 1 ano, depois de ser atacado por desacato ao Congresso dos EUA por um grande júri federal, na sequência de se recusar a cumprir a investigação de 6 de janeiro.

Efemérides de 15 de Novembro (2022)

1492 O navegador Cristóvão Colombo (1451-1506) anotou há 530 anos, no seu diário de bordo (quando ao serviço dos Reis Católicos andou pela América), o uso do tabaco entre os índios, em tições acesos (os primeiros charutos conhecidos).

1884 Deu-se há 138 anos o início da Conferência de Berlim (estendendo-se até finais de Janeiro seguinte), por iniciativa do chanceler alemão Otto von Bismarck (1815-98), cujo objectivo era a repartição das colónias africanas pelas potências europeias coloniais.

1889 Pedro II do Brasil (1825-91, vindo a morrer num pequeno hotel parisiense, filho do nosso D. Pedro IV, I do Brasil) abdicou do seu cargo há 133 anos, e foi proclamada a República no Brasil, através de um elitista golpe de Estado chefiado pelo marechal Deodoro da Fonseca (1827-92).

1924 Desapareceu há 98 anos, no Mar do Norte, o aviador português e oficial de Marinha Sacadura Cabral (n.1881), autor de várias travessias aéreas, que ficou especialmente célebre pela que fez com Gago Coutinho (1869-1919, outro oficial da Marinha e geógrafo) sobre o Atlântico (1922).

2004 O então secretário de Estado norte-americano Colin Powell (1937-2021, destacado militar e primeiro negro nas funções de secretário de Estado norte-americano, equivalente a MNE europeu) demitiu-se há 18 anos da administração (2001-09) de George W. Bush (n.1946), por não concordar com a Guerra do Iraque dessa época, apoiada por Portugal (Durão Barroso, depois assumidamente arrependido).

2016 A Carris instalou há 6 anos alarmes sonoros em alguns dos seus autocarros para identificar passageiros que querem andar de transporte sem validarem o bilhete.

2021 O ex-assessor de Trump e um dos seus principais ideólogos, Stephen Bannon, entregou-se há 1 ano, depois de ser atacado por desacato ao Congresso dos EUA por um grande júri federal, na sequência de se recusar a cumprir a investigação de 6 de janeiro

Os comentários estão desactivados.