Conteúdo Institucional – Ibéria Universal

Desenvolvimento da China trará novas oportunidades para África

O Presidente chinês, Xi Jinping, manteve conversações, em Pequim, com a Presidente da Tanzânia, Samia Suluhu Hassan, em visita oficial à China.

Desenvolvimento da China trará novas oportunidades para África

PUB

Conteúdo Institucional – Ibéria Universal

Os dois chefes de Estado anunciaram a intensificação das relações bilaterais, no âmbito de uma parceria de cooperação estratégica abrangente, afirmando terem chegado “a consensos importantes para manter a dinâmica de contactos e diálogo de alto nível, e expandir a cooperação económica e comercial”, entre outros assuntos.

As duas partes emitiram uma declaração conjunta e assinaram uma série de documentos de cooperação, imprimindo forte dinâmica à cooperação China-Tanzânia e China-África.

De acordo com essa declaração conjunta, a China concordou em conceder isenção de taxas a 98% dos produtos tanzanianos exportados para a China; ambas as partes irão aprofundar a cooperação na concretização da iniciativa "Uma Faixa, Uma Rota”; e a China irá apoiar a Tanzânia a acelerar a industrialização e a modernização do país.

O Presidente Xi Jinping salientou que o novo desenvolvimento da China proporcionará novas oportunidades a África. A China pretende trabalhar com África seguindo princípios de coexistência pacífica e outras normas básicas das relações internacionais, mas também implementando iniciativas de desenvolvimento global, aumentando a representação e voz dos países em desenvolvimento na governação global, e dando maiores contribuições para promover a construção de uma comunidade de destino humano. Segundo os dirigentes chineses, estas declarações “demonstram a vontade positiva da China de promover a amizade e cooperação China-África a partir de uma perspectiva estratégica”. E sublinham:

“A China é o maior país em desenvolvimento e a África é o continente com a maior concentração de países em desenvolvimento. Estreitar a cooperação entre a China e África não só é do interesse de ambas as partes, mas também de grande significado para a manutenção da justiça e equidade no mundo e para a promoção do desenvolvimento global sustentável”.

De acordo com as estatísticas, a China tem sido o principal parceiro comercial de África desde 2009. Na sequência da pandemia de Covid 19, a China doou 189 milhões de doses de vacina a 27 países africanos.

Recorde-se que no Fórum de Cooperação China-África de 2021, o Presidente Xi Jinping anunciou a implementação de “nove grandes projetos” que estão em bom andamento.

Os dirigentes chineses afirmam ainda:

“Para os países africanos que buscam a revitalização nacional, o caminho de modernização ao estilo chinês oferecerá experiências úteis de referência, e as portas da Chins, cada dia mais abertas, permitirão compartilhar o desenvolvimento”.

Recentemente, um inquérito conduzido pela agência de sondagens britânica “YouGov”, mostrou que as populações dos países africanos têm vindo a aumentar os seus sentimentos positivos em relação à China nos últimos anos.

 

 

Os comentários estão desactivados.