Internacional

Zelensky diz que míssil que atingiu Polónia não era ucraniano

"Acredito que foi um míssil russo com base na credibilidade dos relatórios dos militares", sublinhou Zelensky.


O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse não ter dúvidas de que o míssil que caiu na Polónia e matou duas pessoas, na noite de terça-feira, não era ucraniano. 

De acordo com a agência Interfax, o governante afirmou: "Não tenho dúvidas de que o míssil não era nosso".

Zelensky disse ainda ter recebido relatórios do comando das forças armadas e da força aérea da Ucrânia e que “não pode deixar de confiar neles”.

"Acredito que foi um míssil russo com base na credibilidade dos relatórios dos militares", sublinhou Zelensky.

O líder do governo ucraniano considera ainda que o país deveria ter acesso ao local da explosão.

“Não podemos revelar as conclusões finais? Não temos o direito de estar na equipa de investigação? Claro que sim”, referiu.

As declarações foram feitas depois de o secretário do conselho nacional de segurança e defesa da Ucrânia, Oleksiy Danilov, dizer que o país queria um "estudo conjunto" do incidente de terça-feira.

 

Os comentários estão desactivados.