Politica

Marcelo: "O Qatar não respeita os direitos humanos, mas esqueçamos isto"

Catarina Martins apelou ao chefe de Estado para não ir ao Mundial do Qatar.


O Presidente da República fez, na quinta-feira, declarações sobre o Mundial que estão a gerar controvérsia.

"O Qatar não respeita os direitos humanos, mas esqueçamos isto", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, após a vitória da seleção frente à Nigéria.

A declaração do Presidente da República veio reforçar a polémica de que a competição já tem sido alvo, uma vez que o Qatar tem vindo a ser acusado de vários crimes contra a humanidade.

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, já reagiu e apelou a Marcelo para não ir ao Campeonato do Mundo no Qatar, apesar de o Presidente da República já ter confirmado que vai assistir ao Portugal-Gana no dia 24 de novembro

Os comentários estão desactivados.