Conteúdo patrocinado

Carclasse é o primeiro agente apresentar o novo Smart #1

O smart #1 combina um design moderno com mobilidade sustentável e muita tecnologia. Este SUV exclusivamente elétrico é uma nova experiência de condução alinhada com o futuro.

Carclasse é o primeiro agente apresentar o novo Smart #1

PUB

Conteúdo patrocinado por Carclasse

A smart ganhou fama pelos seus modelos citadinos, que se podiam estacionar em qualquer lado, eram fáceis de conduzir e económicos. Depois cresceu, passou a ter quatro portas e perdeu o motor de combustão interna. Agora, mudou por completo de filosofia e deu lugar a uma marca mais abrangente. O novo posicionamento passa por ter veículos de maiores dimensões com motorização 100% elétrica. Está em linha com o futuro.

O primeiro modelo da nova geração é o smart #1, um SUV compacto de cinco portas com motor  elétrico e jantes de 19 polegadas! Está disponível com três níveis de equipamento e preços a partir de 40.950 euros. «As primeiras unidades vão ser entregues ao cliente final no segundo trimestre de 2023» referiu Henrique Pereira, diretor comercial da Carclasse Minho. Numa primeira fase, o mercado nacional vai receber 38 unidades, e foram todas vendidas num curto espaço de tempo. O feedback foi brutal, as pessoas perceberam que o carro corresponde a tudo aquilo que foi dito. «A comercialização foi feita através da página da smart, e os clientes fizeram a reserva sem terem experimentado o carro» referiu o responsável da marca.

O modelo nasceu da joint-venture entre a Mercedes e a Geely, e é exclusivamente fabricado na China. Mede 4,27 metros de comprimento, 1,82 metros de largura e apresenta 1,64 metros de altura. O smart #1 oferece uma grande variedade de características inspiradas em modelos de gamas superiores e faz parte da nova geração de veículos capazes de transformar a forma como os utilizadores vivem o automóvel. «Posiciona-se como um carro familiar, é confortável, tem bastante espaço interior e muita tecnologia» sublinhou Henrique Pereira, que adiantou: «Pode ser equiparado aos modelos Mercedes em termos de qualidade de construção e acabamentos, está a tocar o segmento premium» sublinhou Henrique Pereira.

A estética adaptou-se às novas dimensões e é completamente disruptivo, incluindo elementos como os puxadores das portas elétricos ocultos, portas sem moldura, faróis dianteiros afilados e teto panorâmico. Concebido para se adaptar às necessidades do utilizador moderno, o smart #1 enquadra-se perfeitamente em todos os tipos de ambientes, movimenta-se particularmente bem no trânsito citadino e evoluiu com particular à vontade em estradas de montanhas.

Com tração traseira e um motor elétrico de 200 kW (272 cv) o novo smart #1 recorre a uma bateria de iões de lítio de 66 kWh e tem uma autonomia máxima de 440 quilómetros. A versão mais luxuosa e desportiva com a assinatura BRABUS tem 315 kw (428 cv), acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos e tem autonomia para 400 quilómetros.  O smart #1 tem diferentes packs de equipamento: Pro+, Premium e #1 BRABUS, todos eles com elementos que vão ao encontro das necessidades e estilo de vida do utilizador.  Merece destaque os dispositivos inteligentes de ajuda ao condutor, caso do cruise control adaptativo com função Stop & Go, assistência à manutenção na faixa de rodagem, deteção de ângulos mortos, reconhecimento de sinais de trânsito, assistência de mudança de faixa, assistência na autoestrada com assistente de mudança de faixa e engarrafamento, assistente automático de estacionamento, (faróis) máximos adaptativos, sensores de estacionamento e câmara de 360 graus.

O smart #1 permite também uma experiência de condução imersiva graças à inovadora tecnologia  ECARX, que transforma os veículos em dispositivos de transporte, informação e comunicação perfeitamente integrados. O utilizador tem assim um controlo rápido e intuitivo de todos os sistemas digitais de informação e entretenimento. «Cada vez mais o cliente vive na era digital e aprecia todos os gadgets que facilitam a sua vida enquanto condutor. O smart #1 está muito evoluído nesse domínio, existindo uma interatividade entre o carro e o nosso smartphone que permite a utilização das aplicações essenciais no nosso dia a dia. Todo o design do interior foi pensado de forma a proporcionar uma experiência envolvente para o condutor».

Os comentários estão desactivados.