Sociedade

Número de detidos por condução com excesso de álcool superior à média dos últimos cinco anos

Desde o início de 2022, até 31 de outubro, a PSP registou 43.261 acidentes rodoviários, dos quais resultaram 52 vítimas morais, 544 feridos graves e 13.177 feridos leves.


Assinala-se este domingo o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada e, nesse âmbito, a Polícia de Segurança Pública (PSP) informa que, nos últimos cinco anos, nas áreas da sua responsabilidade em Portugal continental e nas regiões autónomas, registou 274.317 acidentes rodoviários, dos quais resultaram 430 vítimas mortais, 3.619 feridos graves e 83.868 feridos leves.

Neste mesmo período, avança a autoridade num comunicado enviado às redações, foram levadas a cabo "mais de 129.400 operações de fiscalização rodoviária, tendo sido fiscalizados cerca de 5.434.300 condutores".

Os agentes da PSP realizaram ainda 1 905 864 testes de alcoolemia, tendo sido detidas mais de 26 mil pessoas por condução sob influência do álcool e mais de 30.400 por condução sem habilitação legar. 

"Foram ainda controladas 14.042.114 viaturas por radar e, destas, 430.640 encontravam-se em excesso de velocidade (cerca de 3,1%)", lê-se na nota. 

Já desde o início de 2022, até 31 de outubro, a PSP registou 43.261 acidentes rodoviários, dos quais resultaram 52 vítimas morais, 544 feridos graves e 13.177 feridos leves.

Neste período, foram realizadas mais de 22 mil operações de fiscalização rodoviária e fiscalizados mais de 708.400 condutores, dos quais 178.910 foram submetidos ao teste de alcoolemia.

Neste sentido, foram este ano detidas 7.232 pessoas por condução sob o efeito de álcool - um número superior à média dos últimos cinco anos, que se situa nas 5.222 detenções - e 6.059 por condução sem habilitação legal. 

No âmbito da consciencialização dos jovens para a segurança rodoviária, a PSP efetuou mais de 11.000 ações de sensibilização por intermédio do Programa Escola Segura, que abrangeram cerca de 270 mil alunos e 3.100 estabelecimentos de ensino de todos os níveis. 

 

 

 

 

Os comentários estão desactivados.