Economia

Quantos portugueses param de trabalhar para ver o jogo e quais as consequências na economia?

Perda de faturação situa-se na casa dos milhões.


Portugal estreia-se, esta quinta-feira, no Mundial frente ao Gana, num jogo que terá lotação esgotada no Estádio 974, no Qatar, mas e em Portugal? Será que os portugueses param para ver jogar a Seleção? Um estudo da app “Fixando”, que liga clientes a especialistas de diversas áreas, indica que sim.

No relatório da app pode ver -se que cerca de 31% dos inquiridos vai interromper o trabalho para acompanhar a estreia da equipa das quinas no campeonato do mundo, no entanto esta paragem implicará uma perda de 2,8 milhões de euros na faturação de vários serviços, nos trabalhadores por conta própria a percentagem dos que vão parar para ver o jogo é de 24%.

A maior parte das perdas regista-se em serviços como a pintura, canalização e jardinagem, cerca de 1, 2 milhões de euros, seguidos dos profissionais de eventos com 960 mil euros em perdas e por último os serviços de assistência técnica com 175 mil euros.

A “Fixando” registou ainda que apenas 9% dos trabalhadores por conta de outrem tiveram dispensa da entidade empregadora para assistir ao jogo e 31% defende que deveria haver dispensa durante os jogos da Seleção no Mundial.

Os comentários estão desactivados.