Sociedade

Oito jovens arrastados por onda na Póvoa de Varzim. Uma rapariga está ainda desaparecida

Sete conseguiram sair pelo próprio pé.

Oito jovens arrastados por onda na Póvoa de Varzim. Uma rapariga está ainda desaparecida

A forte ondulação na praia da Lagoa, no concelho da Póvoa de Varzim, arrastou, esta sexta-feira de madrugada, oito jovens, sete conseguiram sair pelo próprio pé, mas uma rapariga, de 20 anos, está desaparecida.

“Oito jovens estavam na praia e foram apanhados pela ondulação. Sete conseguiram sair pelo próprio pé e foram transportados ao Hospital da Póvoa e uma rapariga com cerca de 20 anos está desaparecida”, confirmou o capitão do Porto e comandante-local da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde, à agência Lusa.

O alerta para o incidente foi dado pouco antes das 5h da manhã. “Temos já um helicóptero a sobrevoar a zona e vários meios em terra. Em breve e, apesar de a barra estar fechada devido à agitação marítima, vamos contar também com uma embarcação”, disse o comandante.

No local estão elementos do Bombeiros da Póvoa do Varzim, da polícia marítima e elementos da estação salva-vidas da capitania.

Sublinhe-se que toda a costa marítima de Portugal continental está sob aviso amarelo devido à forte agitação marítima.

Os comentários estão desactivados.