Desporto

Irão de Carlos Queiroz vence País de Gales com dois golos nos descontos

Hennessey do País de Gales viu cartão vermelho. É apenas a terceira vez na história que um guarda redes é expulso num Campeonato do Mundo.


A seleção iraniana, treinada pelo português Carlos Queiroz, somou, esta sexta-feira, três pontos, após a vitória por 2-0 sobre o País de Gales, na segunda jornada do gurpo B do Mundial, no Qatar.

O marcador só foi inaugurado no tempo de compensação, Roozbeh Cheshmi fez golo aos 90+8’ e Ramin Rezaeian aos 90+11’, após assistência de Taremi, que joga no FC Porto.

O jogo fica ainda marcado pelo cartão vermelho mostrado ao guarda-redes do País de Gales, Wayne Hennessey, por falta sobre Taremi.

A seleção galesa foi assim obrigada a retirar um jogador de campo para entrar um novo guarda-redes.

Wayne Hennessey é apenas o terceiro guarda-redes na história a receber um cartão vermelho num Campeonato do Mundo, depois do sul-africano Itumeleng Khune no jogo contra o Uruguai, em 2010;e de Gianluca Pagliuca no Itália x Noruega,em 1994.

Os comentários estão desactivados.