Desporto

FIFA instaura processo à seleção do Uruguai

Quatro jogadores uruguaios acusados de comportamentos ofensivos.


A FIFA abriu um processo à Federação de Futebol do Uruguai e a quatro jogadores, devido ao que aconteceu depois do jogo com o Gana, onde os uruguaios foram eliminados do campeonato do mundo.

O Uruguai venceu o Gana, mas essa vitória não foi suficiente para passar aos oitavos de final. No final do jogo, os jogadores Gódin, Giménez, Muslera e Cavani tiveram comportamentos considerados ofensivos, violação do fair play e discriminação.

No final do jogo, os jogadores acusados não ficaram satisfeitos com a arbitragem e confrontaram a equipa , Jiménez terá agredido um dirigente da FIFA e ofendido a equipa de arbitragem. Edison Cavani alegadamente atirou o monitor do VAR ao chão.

A seleção sul-americana  criticou bastante os árbitros, não só no jogo com o Gana, mas também no jogo em que perdeu com Portugal.

Os comentários estão desactivados.