Vida

Até Borat acha que Kanye West é "demasiado antissemita"

West teve as contas do Twitter e Instagram suspensas.

Até Borat acha que Kanye West é "demasiado antissemita"

O ator Sacha Baron Cohen, conhecido pelo papel de Borat, vestiu a sua icónica personagem numa cerimónia de entrega de prémios e lançou farpas a Kanye West, o artista que tem estado estado nas bocas do mundo pelas constantes declarações polémicas.

O comediante ia entregar um prémio aos U2, quando recordou a música antissemita "In my country there is a problem”- que compôs para a sua personagem “Borat” em 2004 - para se referir a West .

“Não é justo. O Cazaquistão é a nação número um no que toca a esmagar judeus. Parem de roubar nosso hobby “, brincou Cohen e ainda acrescentou  “O vosso Kanye tentou mudar-se para o Cazaquistão, e até mudou de nome para Kanyezaquistão West. Mas dissemos-lhe que é demasiado antissemita, até para os nossos padrões”, continuou Sacha, segundo a “Rolling Stone”.

Recorde-se que Kanye West teve a conta do Instagram suspensa depois de acusar o rapper Diddy de ser controlado pelos judeus, isto porque Diddy criticou West por usar uma camisola onde se lia “white lives mater”.

Também o Twitter suspendeu a conta de ‘Ye’ quando fez uma publicação dizendo que iria adotar adotar "'death con 3' em relação aos judeus", referindo-se ao Defcon, ou seja, estado de alerta usado pelas Forças Armadas americanas.

Para além destas suspensões, perdeu muitas colaborações de renome, como a Adidas.

Os comentários estão desactivados.