Internacional

Irão condena à morte cinco pessoas envolvidas nos protestos contra o regime

ONG diz que mais de 500 pessoas foram executadas este ano.

Irão condena à morte cinco pessoas envolvidas nos protestos contra o regime

A justiça iraniana condenou esta terça-feira cinco pessoas à morte, foram acusadas do homicídio de um militar durante as manifestações contra o regime.

Esta decisão é uma resposta à onda de novos protestos no país. No primeiro dia de greve geral, os manifestantes bloquearam estradas, destruíram símbolos do regime e marcharam nas ruas.

Várias cidades iranianas têm sido palco de uma forte onda de contestação desde setembro, a propósito da morte de Masha Amini. O procurador-geral do Irão anunciou a extinção da polícia da moralidade, mas mesmo assim os protestos não dão sinais de abrandamento.

As manifestações já não são apenas pelo vestuário das mulheres, são uma demonstração de desagrado geral com os ideais do regime iraniano.

As Organizações Não Governamentais que atuam no país afirmam que mais de 500 pessoas foram executadas este ano.

Os comentários estão desactivados.