Internacional

Casos de covid-19 na China aumentam depois do alívio das restrições

A China viveu semanas de forte contestação devido à política "covid zero".


O Governo chinês aliviou as restrições impostas devido à pandemia da covid-19, depois de semanas de protestos, pondo um travão nas ordens de confinamento e na testagem.

Atualmente, a população já não é obrigada a realizar vários testes e o confinamento não tem de ser feito em centros de quarentena, apesar dos números de novos casos estarem a atingir novos máximos diários.

Deixou de ser obrigatório a apresentação de teste PCR negativo para aceder a locais públicos, exceto hospitais, lares e escolas.

Os testes em massa serão restritos à comunidade escolar e a zonas de alto risco.

 

Os comentários estão desactivados.