Cultura

Armanda Passos homenageada na fundação Champalimaud

O seu trabalho está representado em várias coleções privadas e públicas, entre as quais as do Museu Nacional de Arte Contemporânea/Museu do Chiado, em Lisboa, do Museu de Serralves, no Porto, e do Museu Amadeo de Souza-Cardoso, em Amarante. 


Foi inaugurado, no mês passado, dia 15 de novembro, a primeira exposição retrospectiva da pintora Armanda Passos, que faleceu no ano passado.  

Armanda Passos nasceu em 1944, no Peso da Régua, e licenciou-se em Artes Plásticas na Escola Superior de Belas Artes do Porto.  

O seu trabalho está representado em várias coleções privadas e públicas, entre as quais as do Museu Nacional de Arte Contemporânea/Museu do Chiado, em Lisboa, do Museu de Serralves, no Porto, e do Museu Amadeo de Souza-Cardoso, em Amarante. 

A entrada é livre. 

Sextas-feiras às 14:30 - 25 de Novembro, 2 de Dezembro, 16 de Dezembro e 30 de Dezembro. (Não requerem marcação prévia.) 

Sábados às 15:30 - 19 de Novembro, 26 de Novembro, 3 de Dezembro e 17 de Dezembro. (Não requerem marcação prévia.) 

Visitas para escolas e grupos (até um máximo de 25 pessoas) - (Sujeitas a marcação prévia.) 

Os comentários estão desactivados.