Desporto

Maratonista Diana Kipyokei suspensa seis anos por doping

Vitória na Maratona de Boston foi-lhe retirada.


A atleta queniana Diana Kipyokei foi suspensa por seis anos por adulteração de provas e violação das regras anti-doping, anunciou esta terça-feira a Unidade de Integridade de Atletismo.

A atleta vencedora da Maratona de Boston em 2021 utilizou uma substância proibida, a triancinolona, um glucocorticoide ainda autorizado em certas formas em 2021, mas foi banido totalmente desde janeiro de 2022.

Kipyokei, depois de vencer a Maratona de Boston, foi testada com triancinolona e apresentou documentos falsos do hospital para justificar o resultado, o que levou a uma sanção mais severa.

A vitória de Boston foi-lhe retirada e foi suspensa até junho de 2028.

Os comentários estão desactivados.