Economia

Passagem de ano. Mais cara ou mais económica, há soluções para todos os gostos

No fim de ano há animação para todo o tipo de gostos e preferências: do luxo ao low-cost, escolha a melhor forma de entrar em 2018.

Passagem de ano. Mais cara ou mais económica, há soluções para todos os gostos

Costuma dizer-se que “ano novo, vida nova” e, pelas perspetivas turísticas, é mesmo esse o provérbio que os portugueses estão a levar à letra para entrar no novo ano. 

O mais recente inquérito da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) mostra que a taxa de ocupação das unidades para esta passagem de ano “será melhor ou muito melhor do que em 2019” para 66% dos inquiridos da Madeira, sendo que nos Açores 61% indicam que iguala os resultados desse ano. A nível nacional, 83% dos inquiridos dizem que este período iguala ou supera os valores de 2019.

 Mas há mais: a perspetiva de taxa de ocupação a nível nacional para este período é de 82% das reservas, ainda que atualmente - ou à data do inquérito - só esteja nos 61%. Os números mostram que apenas a Madeira, com 81% de reservas e expectativas de atingir os 89%, e os Açores, com reservas na ordem dos 76%, e previsão de atingir 86%, registam menor gap por preencher.

 Já o preço médio deverá atingir os 167 euros a nível nacional mas, fazendo as contas às regiões, Açores é a região com os valores mais baixos (100 euros) e Lisboa com os valores mais altos (218 euros).

Os números divulgados pela AHP mostram também que 89% dos inquiridos dizem que vão igualar ou superar o preço médio de 2019, antes da pandemia, sendo que para 79% dos inquiridos da região de Lisboa e para 70% dos inquiridos da Madeira e dos Açores este indicador será melhor ou muito melhor.

Quanto a mercados o destaque vai para Portugal, seguindo-se no Top 3 Espanha e Reino Unido.

Arrendar casa Para quem queira fugir das confusões dos hotéis, arrendar uma casa pode ser uma solução. Ao mesmo tempo, permite poupar um pouco mais, já que se afigura como uma solução por norma bem mais barata. Nos sites airbnb.com ou 9flats.com é possível divulgar um apartamento ou quarto que esteja disponível para alugar, assim como procurar acomodação em qualquer parte do mundo. As diferenças em relação a um site de aluguer normal é que estes funcionam como uma rede social e não existe intermediário.

Já no site OLX existem cerca de 500 casas disponíveis para a passagem de ano. Os preços variam entre os 120 euros e os 1500 euros mas também é preciso ter em conta que há casas para todos os gostos: de pequenos apartamentos a grandes moradias um pouco por todo o país, sendo sempre possível procurar aquilo que mais lhe der jeito, consoante o número de pessoas que fizer parte do grupo para celebrar esta última noite do ano. 

Outras modas Mas nem todos desejam passar a noite de passagem de ano fora. Há quem prefira ir a uma festa - e aí encontrar a roupa ideal para a ocasião é o desafio que se coloca. E é perante este cenário que os vários sites de alugueres marcam pontos nesta noite, uma vez que permitem alugar vestidos, malas e acessórios de luxo a preços bastante reduzidos. Estão disponíveis vários modelos, adequados a diferentes tipos de cerimónias. Alugar um carro para chegar à festa mais badalada também é possível. Basta estar disposto a pagar por uma limusine ou, até mesmo, por um carro clássico nessa noite (ver ao lado).

Mas não é preciso gastar muito dinheiro para ter uma passagem de ano “à maneira”. Fazer uma festa em casa, ir para casa de amigos ou optar por animação de rua são algumas soluções que estão facilmente à mão e que satisfazem os portugueses que querem cumprir à risca o seu orçamento familiar sem gastos extra (ver coluna à esquerda).

Em casa

•  Se não quer apanhar frio ou, muito provavelmente, chuva na noite do dia 31, por que não optar por um bom programa caseiro? Não há nada melhor do que juntar a família ou os amigos numa boa ceia e entrar no ano rodeado de quem mais gosta no conforto de sua casa. É uma solução que sai barata e que pode contar com o contributo de todos. Basta, para isso, fazer uma lista de quem pode trazer o quê.

•  Se não lhe apetecer receber pessoas em casa, é certo que terá amigos ou familiares que vão fazer a festa em casa. Junte-se a eles e vai ver que tem uma grande passagem de ano sem gastar muito dinheiro.

Fora de casa

•  Se o tempo assim o permitir, o que não falta são festas de rua, seja nas aldeias, nas pequenas ou grandes cidades. Desde música ao vivo, bailaricos, fogo-de-artifício, entre outros, as pessoas vão estar na rua a animar a noite. Consulte a programação cultural das autarquias e assista aos espetáculos de rua que, à partida, são todos gratuitos e permitem uma passagem de ano em conta.

•  Se tem uns dias de férias e a vontade é mesmo sair do sítio onde mora, então certamente não será uma opção tão barata como as anteriores. Ainda assim, é possível sair de casa sem gastar muito dinheiro. Quem não tem um familiar ou amigo com uma casa que possa emprestar? Para tornar a passagem de ano mais acessível também há quem alugue casas com amigos ou familiares: dividindo a despesa por todos, acaba por ser também uma opção a ter em conta.

Vestidos

Alugar roupa para a noite de fim de ano está-se a tornar uma prática comum em Portugal. As mulheres são as principais clientes de um negócio que dá prioridade aos vestidos. E são várias as ofertas. Existem sites destinados para este fim, como a Big Closet ou a ReCloset que contam com marcas tão desejadas como Adolfo Dominguez, Michael Kors, Dolce & Gabbana entre outros. Mas há também marcas mais acessíveis. Os preços variam entre os 5 euros e os 110 euros e há opções para todos os gostos e feitios.

Malas

Tal como acontece com os vestidos também é possível alugar malas e outro tipo de acessórios. A ideia é combinar o aluguer dos  acessórios com marcas de luxo como DVF, Valentino, Self Portrait, Cynthia Rowley, Raoul ou Tadashi Shoji. Os preços podem ir dos 25 até aos 50 euros. Já para quem pensa em viajar também pode alugar uma mala para esse objetivo. O aluguer custa entre 3 a 75 euros por dia, dependendo sempre do tipo de mala que escolher.

Carros

Se realmente quer impressionar nessa noite, então para uma chegada em grande impõe-se o aluguer de uma limusine. Mas se preferir também pode alugar um carro clássico. Em Portugal, já existem mais de 100 opções para alugar, entre carrinhas Volkswagen Pão de Forma, clássicos e limusines através da plataforma BookAClassic. Trata-se de um conceito inspirado na economia de partilha, em que os veículos disponibilizados são taxados à hora, havendo um período mínimo de aluguer de 2 horas. E ainda tem a vantagem de poder escolher conduzir ou ser conduzido.

Barcos

Desde veleiros a iates, quase todo o tipo de barcos está disponível para alugar nas mais variadas marinas do país. E aqui há oferta para todos os gostos, desde o aluguer de uma embarcação para um simples passeio na noite da passagem de ano até barcos onde pode realizar festas particulares e que ganham maior relevo numa noite como esta. É possível alugar um veleiro por um dia e os preços variam sempre consoante o tamanho, o número de horas e também a quantidade de pessoas. Click and Boat, Lisbon By Boat e Taguscruises são algumas das empresas que prestam este tipo de serviços.

Autocaravana  

Se preferir uma versão mais aventureira então a autocaravana pode ser uma opção para estes dias. É mais cómodo e pode fazer a festa mesmo lá dentro - em segurança, obviamente - escolhendo um dos locais que existem por todo o país. Em Portugal, há vários sites onde pode tratar do aluguer de autocaravanas como é o caso do Go Free Caravans, Yescapa, Indie Campers, entre outros. As opções são muito variadas. 

 

Os comentários estão desactivados.