Internacional

Médicos retiram granada por explodir de corpo de soldado ucraniano

Através do Twitter, as Forças Armadas da Ucrânia disseram que "correu tudo bem" e que o homem "já foi enviado para reabilitação e recuperação". 


Uma equipa de médicos militares removeu uma granada ainda por explodir do interior do corpo de um soldado ucraniano. 

O major general Andrii Verba foi o responsável pela operação, segundo o gabinete do chefe de Defesa da Ucrânia.  

A operação foi feita sem eletrocoagulação, um processo comum para controlar a hemorragia durante a cirurgia, uma vez que o dispositivo podia "explodir a qualquer momento". Depois de a granada ter sido retirada do soldado, estavam no local dois sapadores para lidar com o engenho.

As Forças Armadas da Ucrânia disseram, através do Twitter, que "correu tudo bem" e que o soldado "já foi enviado para reabilitação e recuperação". 

Os comentários estão desactivados.