Internacional

Segurança no Brasil reforçada após confirmação de novas manifestações bolsonaristas

A ação de reforço de segurança acontece depois da confirmação de que grupos radicais constituídos apoiantes de Jair Bolsonaro, ex-Presidente do Brasil, nas redes sociais, convocaram manifestações às 18h00 locais (21h00, em Lisboa) de hoje, em Brasília, em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. 

Segurança no Brasil reforçada após confirmação de novas manifestações bolsonaristas

O Governo do Brasil vai reforçar a segurança em todo o país com base em informações de que os bolsonaristas convocaram novas manifestações para esta quarta-feira.  

O anúncio foi feito pelo ministro da Casa Civil, Rui Costa, em declarações aos jornalistas, depois de, tanto a Procuradoria-Geral da União como o Ministério Público pedirem ao Supremo Tribunal Federal para adotar medidas para prevenir possíveis atentados terroristas e atos de violência e vandalismo. 

"Determinamos medidas para reforçar a segurança em todo o país devido ao facto de estarem a circular convites para novas manifestações. Por isso, adotamos uma postura de precaução quanto à segurança da Esplanada dos Ministérios [a avenida onde se situam os principais edifícios públicos em Brasília] e em cidades de todo o país", disse o ministro.  

A ação de reforço de segurança acontece depois da confirmação de que grupos radicais constituídos por apoiantes de Jair Bolsonaro, ex-Presidente do Brasil, nas redes sociais, convocaram manifestações às 18h00 locais (21h00, em Lisboa) de hoje, em Brasília, em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. 

 

Os comentários estão desactivados.