Internacional

MP do Brasil pede investigação deputados bolsonaristas

Suspeitos de "incitamento a atos de violência e vandalismo". Em causa estão publicações nas redes sociais.


O Ministério Público do Brasil pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que investigasse três deputados por "incitamento a atos antidemocráticos", na sequência da invasão das sedes dos três poderes em Brasília, no domingo.

Os três deputados em causa são André Fernandes e a militar indígena Silvia Waiãpi, deputados do Partido Liberal (PL), a mesma formação do ex-presidente Jair Bolsonaro, e a também parlamentar Clarissa Tércio, do Partido Progressivo.

Segundo a petição do MP, divulgada na quarta-feira, os três deputados são suspeitos de "incitamento a atos de violência e vandalismo" através de "publicações em redes sociais antes e durante as invasões", o que poderia constituir o crime de "incitamento público ao crime".

Os comentários estão desactivados.