Politica

Presidente executiva da TAP vai ser ouvida no Parlamento

Audição foi requerida pelo Chega.


A presidente executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, vai ser ouvida em Parlamento, na próxima quarta-feira, sobre o caso da indemnização paga à ex-secretária de Estado Alexandra Reis.

A audição foi requerida, a título potestativo, pelo grupo parlamentar do Chega.

Recorde-se que o primeiro-ministro disse, na quarta-feira, no Parlamento que Alexandra Reis devia ter devolvido parte da indemnização da TAP quando foi nomeada para a NAV.

"Não tenho dúvidas de que há pelo menos uma parte em que houve uma violação do estatuto do gestor público - que foi quando a senhora engenheira foi nomeada para a NAV [Navegação Aérea de Portugal] e não procedeu à reposição de parte da indemnização que tinha recebido, admitindo que a indemnização a recebeu legalmente", afirmou António Costa.

Na mesma sessão na Assembleia da República, o deputado Filipe Melo do Chega, partido que requereu a audição de Christine Ourmières-Widener, deixou um conselho ao líder do Executivo: "Demita urgentemente a administração da TAP antes que a administração da TAP o demita a si". 

Os comentários estão desactivados.