Internacional

Aumenta para 35 o número de mortos do ataque russo a Dnipro

Pelo menos duas crianças morreram.


O novo balanço de vítimas mortais do ataque russo a um edifício em Dnipro dá conta da morte de 35 pessoas, incluindo duas crianças, segundo dados do governo regional do leste da Ucrânia, divulgados esta segunda-feira.

"Trinta e nove pessoas foram salvas, 75 ficaram feridas", disse Valentyn Reznichenko, governador regional de Dnipropetrovsk, acrescentando que falta localizar outras 35 pessoas, que estaria no prédio quando este foi atingido.

No domingo, Volodymyr Zelensky tinha dito que foram destruídos 72 apartamentos e que mais de 230 foram danificados, na sequência do ataque, que foi realizado pelas forças de Moscovo, a partir da região russa de Kursk.

Os comentários estão desactivados.