Desporto

Brasil denuncia ação de agentes policiais nos ataques

A Polícia Federal lançou, esta segunda-feira, mais uma operação no Rio de Janeiro para prender várias pessoas suspeitas de terem feito parte da invasão na Praça dos Três Poderes. 

Brasil denuncia ação de agentes policiais nos ataques

    Temas

  • op

Ricardo Cappelli,  responsável pela segurança de Brasília após os ataques registados na capital brasileira em 8 de janeiro, disse, no domingo, que as forças de segurança tiveram que lidar com profissionais entre os seguidores do ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro. 

"Eles enfrentaram profissionais entre os manifestantes. Pessoas treinadas e preparadas. Pessoas que tinham noções de tática de choque, pessoas que tinham equipamento próprio para devolver granadas e pessoas que quase mataram um policial", afirmou Cappelli, numa entrevista ao programa de televisão Fantástico. 

O responsável disse ainda que 44 polícias ficaram feridos nos ataques levados a cabo por bolsonaristas à sede dos três poderes, em Brasília, além de que houve agentes que poderão ter facilitado as invasões. 

"A noite do dia 8 ainda não acabou. (...) Essa noite ainda tem muitas coisas pela frente, muita história por trás, muita investigação e vamos levar até o fim", destacou Cappelli. 

A Polícia Federal lançou, esta segunda-feira, mais uma operação no Rio de Janeiro para prender várias pessoas suspeitas de terem feito parte dos ataques.  

Os comentários estão desactivados.