Sociedade

Defesa de Rui Pinto pede pena suspensa

"Não ia pugnar pela absolvição, não faria sentido. Uma pena de prisão suspensa será suficiente", afirmou Francisco Teixeira da Mota, advogado do mentor do Football Leaks, na sessão realizada no Juízo Central Criminal de Lisboa, acrescentando que o pirata informático está a ser julgado pela primeira vez.

Defesa de Rui Pinto pede pena suspensa

A defesa de Rui Pinto pediu esta segunda-feira pena suspensa para o ‘hacker’.  

"Não ia pugnar pela absolvição, não faria sentido. Uma pena de prisão suspensa será suficiente", afirmou Francisco Teixeira da Mota, advogado do mentor do Football Leaks, na sessão realizada no Juízo Central Criminal de Lisboa, acrescentando que o pirata informático está a ser julgado pela primeira vez, de acordo com a Sic Notícias.  

"É uma pessoa que inequivocamente estava absolutamente motivada para denunciar e tornar público crimes, situações graves e ilegalidades. Não tinha noção da importância do segredo de advogado, coisa que adquiriu", acrescentou.  

Recorde-se que Rui Pinto, de 34 anos, está acusado de 89 crimes informáticos: 68 de acesso indevido, 14 de violação de correspondência, seis de acesso ilegítimo, visando entidades como o Sporting, a Doyen, a sociedade de advogados PLMJ, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Procuradoria-Geral da República (PGR), e ainda por sabotagem informática à SAD do Sporting. 

O pirata informático enfrenta ainda uma acusação de extorsão, em coautoria com Aníbal Pinto, de 61, acusado apenas deste ilícito.  

Os comentários estão desactivados.