Sociedade

Portugal vai ter uma lista de medicamentos críticos nas farmácias

Objetivo é que estes não escassaem nas farmácias


Portugal vai passar a ter uma lista de medicamentos críticos, que serão alvo de medidas específicas para ajudar a monitorizar a sua disponibilidade das farmácias, de modo a evitar que faltem. 

O anúncio foi esta terça-feira feito pelo Ministro da Saúde, que explicou que "essa lista de medicamentos críticos será estabelecida por peritos da área farmacêutica e médica e será validada pelos parceiros".

"Em relação a cada um dos produtos dessa lista tomaremos medidas especiais para garantir que esses (...) não possam escassear nas farmácias", sublinhou. 

Manuel Pizarro encontrava-se a falar aos jornalistas em Lisboa, à saída da sessão comemorativa dos 30 anos do Infarmed. 

O governante afirmou que a lista "vai ajudar a monitorizar o risco", mas que, neste momento, "não há escassez de nada essencial".

"O facto de dispormos dessa lista vai permitir monitorizar de forma mais cuidadosa e mais atenta", realçou.

Os comentários estão desactivados.