Politica

Deputado do PSD Sérgio Marques renuncia ao mandato

"Por ter deixado de reunir condições políticas para o prosseguimento das minhas funções parlamentares, e por também querer manter-me como um social-democrata de pensamento livre, comunico-vos que apresentei hoje ao Presidente da Assembleia da República, a minha renúncia ao mandato de deputado eleito pelo círculo eleitoral da Madeira", disse, através do facebook. 


Sérgio Marques, deputado da bancada social-democrata, renunciou, esta terça-feira, ao mandato "por ter deixado de reunir condições políticas para o prosseguimento" das funções. 

A notícia foi dada pelo próprio, através do Facebook: "Por ter deixado de reunir condições políticas para o prosseguimento das minhas funções parlamentares, e por também querer manter-me como um social-democrata de pensamento livre, comunico-vos que apresentei hoje ao Presidente da Assembleia da República, a minha renúncia ao mandato de deputado eleito pelo círculo eleitoral da Madeira”, pode ler-se.  

A decisão veio na sequência das acusações de Sérgio Marques, em declarações ao Diário de Notícias, de "obras inventadas a partir de 2000", quando Alberto João Jardim (PSD) era presidente do executivo madeirense, e grupos económicos que cresceram com o "dedo do Jardim".  

Albuquerque, porém, nega que esses casos tenham acontecido, classificando essas declarações do agora ex-deputado como "fábulas" e "especulações". 

Os comentários estão desactivados.