Sociedade

Detidos por tráfico de cocaína ficam em liberdade

Suspeitos importavam cocaína em contentores de bananas


O Tribunal de Braga deixou em liberdade três homens que tinham sido detidos na segunda-feira pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas de integrarem uma rede internacional de tráfico de cocaína. 

De acordo com uma fonte daquela força policial, os suspeitos ficaram sujeitos às medidas de coação de apresentações bissemanais em posto policial e de proibição de sair de Portugal, tendo de entregar os passaportes.

Os três homens colaboravam num esquema pelo qual uma empresa de Barcelos importava fruta, nomeadamente bananas, com cocaína dissimulada nos contentores, tendo sido detidos na zona de Braga e do Porto.

Fonte da PJ adiantou à agência Lusa que a investigação daquela rede decorria desde 2020 e já fez outros seis detidos, que estão em prisão preventiva. 

Em dezembro foram feitas buscas domiciliárias e não domiciliárias, tendo daí resultado a apreensão de 100 quilos de cocaína, ocultos em contentores de banana. Nessa altura, foram apreendidos "importantes" elementos de prova, como equipamentos eletrónicos e de comunicação, dinheiro, viaturas de alta cilindrada e ferramentas diversas.

 

Os comentários estão desactivados.