Sociedade

Homem detido por sequestro, furto, ofensa à integridade física e escravidão

Crimes ocorreram em outubro do ano passado


Um homem de 30 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas da autoria dos crimes de sequestro, furto, ofensa à integridade física e escravidão.

Em comunicado, a PJ adiantou esta quinta-feira que a detenção ocorreu no cumprimento de um mandado de detenção emitido pelo DIAP de Albufeira e que os crimes ocorreram em outubro de 2022, na zona de Albufeira.

Desde essa altura que o arguido estava ausente da sua residência, tendo sido localizado e detido em Lisboa. 

A vítima, um homem de 46 anos, “era alvo de exploração laboral numa atividade de pastoreio e guarda de um espaço circunscrito, sem quaisquer condições de habitação, higiene e alimentação, encontrando-se numa condição de escravo e sujeito a agressões físicas frequentes”.

O arguido vai agora ser presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação das medidas de coação adequadas. 

Os comentários estão desactivados.