Internacional

Homem finge ser mulher para matar assassino do irmão

Sérgio Ivan Salazar Díaz matou o irmão de Ander Johan Pineda há 15 anos. 


Um homem de 38 anos fingiu ser uma mulher para matar o assassino do irmão, que morreu há 15 anos. 

Ander Johan Pineda usou as redes sociais para se fazer passar por uma mulher e atrair Sérgio Iván Salazar Díaz, tendo o crime ocorrido a 2 de dezembro do ano passado, em Cúcuta, na Colômbia. 

De acordo com o jornal espanhol La Vanguardia, Pineda fingiu ser uma mulher e marcou um encontro com Salazar Díaz. 

No início de dezembro do ano passado, Díaz achou que se iria encontrar com uma jovem mas deparou-se com o irmão do homem que tinha matado há 15 anos, que o esperava numa mota e o alvejou. 

Salazar Díaz encontrava-se em liberdade depois de ter cumprido 12 anos de prisão pelo assassinato que levou a cabo em 2008, tendo, de acordo com o Ministério Público, sido acusado do crime de homicídio. 

 

Os comentários estão desactivados.