Internacional

Covid-19: Pelo menos 13 mil pessoas morreram na China na última semana

Desde 19 de janeiro, 472.000 doentes foram hospitalizados com covid-19 na China, dos quais cerca de 51.700 em estado grave.


As autoridades chinesas confirmaram a morte de pelo menos 13 mil pessoas associadas à covid-19, num relatório referente ao período de 13 a 19 de janeiro, avança a agência Lusa.

Os dado dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país mostram que 681 doentes morreram no hospital devido a insuficiência respiratória causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, enquanto que 11.977 morreram devido ao agravamento de patologias já existentes devido à covid-19.

Desde 19 de janeiro, 472.000 doentes foram hospitalizados com covid-19 na China, dos quais cerca de 51.700 em estado grave, de acordo com o balanço dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças divulgado pela agência oficial China News Service.

O balanço foi divulgado depois do Ministério da Cultura e Turismo da China ter anunciado no sábado que as viagens de grupo para fins turísticos serão retomadas no dia 6 de fevereiro para 20 países.

As viagens de grupo de cidadãos chineses, organizadas por agências de viagens e operadores turísticos em linha, serão novamente permitidas. Esta é mais uma medida que visa aliviar as restrições contra a pandemia de covid-19, ainda que o país continue a registar um elevado número de novos casos.

Os comentários estão desactivados.