Internacional

Polícia espanhola detém suspeito de enviar cartas com explosivos a instituições do governo

Pedro Sánchez foi um dos alvos.


Um homem, de 74 anos, foi detido, esta quarta-feira, por ser suspeito de enviar cartas com material explosivo para várias instituições do governo espanhol e para a embaixada ucraniana em Madrid.

Recorde-se que as cartas com material explosivo foram enviadas, a embaixada da Ucrânia em Madrid, escritórios do governo espanhol, o Centro de Satélites da União Europeia e a embaixada dos EUA, para vários alvos como o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, a embaixada da Ucrânia em Madrid, escritórios do governo espanhol, o Centro de Satélites da União Europeia e a embaixada dos EUA

Na altura, pelo menos uma pessoa ficou ferida.

Os comentários estão desactivados.