Meghan e Harry
12 curiosidades sobre o casamento do ano

Uma noiva pouco tradicional mas que quer honrar o seu novo país. Um príncipe com fama de rebelde com um discurso, nunca antes visto, de rendição. Uma cidade eufórica, um vestido secreto, um bolo de limão e flor de sabugueiro e algumas polémicas. Estão lançados os ingredientes para o casamento do ano: Meghan e Harry dão hoje o nó.

Um bouquet com murta


Em 1858, a filha mais velha da rainha Vitória e do príncipe Alberto, também Vitória, escolheu usar um raminho de murta no seu bouquet. Desde então o arbusto, que simboliza a sorte, a fidelidade e também a fertilidade virou uma espécie de tradição nos enlaces reais: Isabel II, Diana e Kate fizeram questão de usar murta vinda de uma das propriedades da família real.

Os convites também têm uma história


Nos convites, enviados em março, surge o brasão do príncipe Carlos – no casamento de William o brasão impresso foi o da Rainha. O Palácio de Kensington divulgou recentemente uma imagem da máquina, datada da década de 1930, que os imprimiu – também aqui, os noivos mostraram querer cumprir as tradições.


Um bolo a saber a Primavera


O bolo de casamento de Isabel ll e Filipe de Edimburgo ficou conhecido como The 10.000 Mile Cake [O bolo das 10.000 milhas], já que foram usados ingredientes do mundo inteiro. Já o bolo de Meghan e Harry apela às raízes da noiva: confeccionado pela norte-americana Claire Ptak, terá limão e sabugueiro como sabores principais e será decorado com flores.

Presentes para todos os gostos


Há 70 anos, Isabel ll e Filipe receberam de presente – só para nomear os mais estranhos – latas de ananás e uma máquina de costura Singer. Meghan e Harry pediram aos convidados para fazerem donativos a instituições de solidariedade, mas a Rainha não entre na jogo: ofereceu ao casal a chamada York Cottage, em Sandringham.

O vestido...


Foi um dos segredos mais bem guardados e só hoje é que o mundo ficará a conhecer o vestido da noiva – o único item de toda a festa que sairá do bolso de Meghan. Tem-se falado de vários estilistas – como Ralph & Russo ou Antonio Berardi –, mas podemos apenas falar da cor: quase certamente, branco. Uma tendência mundial lançada nada mais nada menos do que pela Rainha Vitoria no século XIX.

... e a tiara?


Especula-se que Meghan irá usar uma tiara emprestada pela Casa Real Britânica, e fala-se até em algumas das preferidas de Diana. Mas caso opte por flores naturais também não estará a fugir à tradição. A própria Rainha Vitoria, além de lançar a moda do vestido branco, escolheu usar flores de laranjeira no cabelo – apesar de não dispensar umas joias à mistura –, símbolo de castidade.

Capela de St. George


Construída no Gótico Perpendicular entre 1475 e 1528, a Capela de St. George foi o local de vários casamentos reais. É também a sede da Nobilíssima Ordem da Jarreteira, que – o nome pode enganar – é a mais importante ordem de cavalaria do reino. Foi criada por Eduardo III, como a materialização do seu amor à lenda do Rei Artur e dos Cavaleiros da Távola Redonda.

Dois príncipes nos meninos das alianças


Há seis meninas e quatro meninos das alianças no casamento deste fim de semana. E dois são príncipes herdeiros do trono britânico:Charlotte e George, os filhos de William e Kate. As restantes crianças são filhas de amigos de Meghan e Harry. A mais nova é Zalie Warren, tem dois anos e é afilhada de Harry. Tem uma irmã gémea, que assistirá à distância.

O coche: um descapotável Ascot Landaus


Harry e Meghan não acenarão ao público como William e Kate. Em vez disso, o casal vai passear-se num dos cinco coches descapotáveis Ascot Landaus da coleção real – assim chamados porque a rainha os usa todos os anos na procissão Royal Ascot – e acenar à multidão em Windsor.

Políticos de fora


Para o casamento de William e Kate foram convidados todos os embaixadores no Reino Unido e os líderes políticos tanto do país como da Austrália e Nova Zelândia, entre outros. O cenário não se repetirá hoje: «Não foi considerada necessária uma lista oficial de líderes políticos», disse Kensigton. Nem Theresa May foi convidada.

Convidados mais e menos ilustres


O casamento terá 600 convidados ‘oficiais’ na capela de St. George que participarão na receção à hora de almoço, mas cerca de 1200 pessoas de todo o país estarão nos jardins do Castelo. O clã Spencer, a família da princesa Diana, estará representado em peso e o casal já se mostrou muito feliz com esta presença.

As Spice Girls na festa?


À noite, a festa na Frogmore House, junto do Castelo de Windsor, será mais privada: ‘só’ com 200 convidados, entre os quais amigos dos noivos. Elton John deverá estar presente e é bem provavél que as Spice Girls atuem. Quem se descaiu foi Mel B, que num programa norte-americano confirmou: todos os elementos banda receberam convites.