Economia

Venezuela ajuda grupo Espírito Santo

A Petróleos da Venezuela, controlada pelo governo de Nicolas Maduro, terá investido centenas de milhões de euros em dívida de empresas da área não-financeira do Grupo Espírito Santo (GES), noticia hoje o Jornal de Negócios.


O valor exacto não foi avançado mas a publicação indica que terá sido abaixo do investido pela Portugal Telecom, outra das grandes credoras do grupo, que aplicou cerca de 900 milhões de euros em papel comercial da Rioforte, a holding não financeira do GES.

Estas duas empresas poderão vir assim a desempenhar um papel relevante na reestruturação do grupo – que deverá ser apresentada nos próximos dias -, caso se opte pela conversão dos créditos em capital, acrescenta o jornal.