Vida

Cheerleader mata animais raros e posta caçadas no Facebook

É o escândalo do momento no Facebook. Kendall Jones, uma cheerleader norte-americana de 19 anos, está a publicar naquela rede social fotografias das suas caçadas em África.

É o escândalo do momento no Facebook. Kendall Jones, uma cheerleader norte-americana de 19 anos, está a publicar naquela rede social fotografias das suas caçadas em África.

Leões, elefantes, zebras e rinocerontes são alguns dos animais mortos que Kendall exibe no Facebook.

Esta série de fotografias já levou mais de 40.000 pessoas a assinarem uma petição para apagar o perfil da texana.

Esta defende-se, afirmando que caçar exemplares de espécies raras ajuda a controlar as respectivas populações e a preservar o ecossistema, bem como a alimentar as aldeias africanas. Argumentos que pouco têm ajudado a travar a fúria dos amigos dos animais.

Kendall Jones e um leopardo africano:

Um elefante que Kendall afirma ter alimentado uma aldeia inteira:

Uma cabra-de-leque (o famoso 'springbok'), que Kendall diz ter uma carne saborosa: