Sociedade

Premiado projecto para dar a conhecer o Porto a turistas invisuais

Um projecto da Escola Profissional de Espinho, que propõe dar a conhecer a cidade do Porto aos turistas invisuais através de um roteiro turístico de sensações, venceu o concurso lançado pela Fundação da Juventude. De entre 15 projectos, ‘Blind Senses’ foi o grande vencedor do desafio lançado aos jovens de todo o país, entre os 16 e os 18 anos, que tinha como tema ‘Turismo e Mobilidade para a cidade do Porto.

O objectivo das alunas Ana Lopes, Caroline Alves, Diana Lago, Liliana Oliveira e Sofia Oliveira é possibilitar aos turistas invisuais, e não só, a descoberta da cidade através de sentidos como o paladar, o tacto, a audição e o olfacto.

Para o júri, o ‘Blind Senses’ destacou-se pela sua “criatividade, inovação, e exequibilidade”. É de “fácil implementação” e as alunas revelaram ”pleno domínio dos conteúdos” do tema a concurso. A Fundação da Juventude pretendia, com este concurso, que os jovens criassem uma ideia de negócio que interligasse a área das ciências e das artes, com referência ao Turismo e Mobilidade, no sentido de melhorar as competências criativas, sociais, e pessoais.

As estudantes, que vão agora disputar a final europeia deste concurso, ganharam também uma viagem a Bruxelas com visita ao Parlamentarium.

barbara.silva@sol.pt