Internacional

Político japonês sugere aumentar natalidade com preservativos furados

Um político da cidade japonesa de Shinshiro sugeriu na passada sexta-feira que fossem distribuídos preservativos furados aos casais recém-casados, na tentativa de contornar o problema da natalidade que assola o Japão, avança a Agence France Presse.

Uma proposta que porém não ‘caiu bem’ e depois de vários telefonemas por parte de munícipes 'em fúria', Tomonaga Osada, de 49 anos, foi obrigado a pedir desculpa pela observação.

“Não posso negar que os meus comentários foram vergonhosos”, confessou num jornal local.

Osada terá ainda sugerido dar batata-doce plantada naquela região a todos os japoneses adultos para aumentar o vigor sexual. “Sugeri isto porque achei que deixaria as pessoas iriam achar este município um local mais acolhedor”, justificou o político ao cala de televisão NTV.

Estas declarações vêm no seguimento de escândalo durante um debate sobre educar crianças onde membros do Governo de Tóquio terem levado uma deputada às lágrimas depois de lhe perguntarem, em tom de gozo: “Não és capaz de ter um bebé?”.