Opiniao

Paulo Bento é comunista (e Pepe foi a estrela da Festa do Avante!)

1.    Vergonhosa. Escandalosa. Inacreditável. Lamentável…são muitos os adjectivos que têm sido empregues para caracterizar a exibição de Portugal frente a essa grande potência mundial que é…a Albânia. Dir-se-á – ao jeito mansinho e de “brandos costumes” tipicamente lusitano – que tais adjectivos são demasiado acutilantes, demasiado severos para a Selecção Nacional, nosso “orgulho” colectivo (?!). Discordamos: qualquer adjectivo que se possa imaginar é demasiado brando para a exibição dos jogadores portugueses no passado domingo. Foi demasiado mau para acreditar – tão mau que nem sequer torna útil qualquer comentário que se faça. Vale a pena perder o nosso precioso tempo com as mais do que discutíveis opções de Paulo Bento? Vale a pena perder o nosso tempo a criticar a exibição paupérrima de William de Carvalho, que jogou numa posição que não é a dele (segundo dizem os especialistas) e que, por isso, não lhe seria exigível mais qualidade? Vale a pena perder tempo com os novos erros de Pepe e repetir que Vieirinha ou Ivan Cavaleiro não são (pelo menos, ainda) jogadores de Selecção? Vale! Porquê? Porque Portugal perdeu com a ALBÂNIA, por amor de Deus!!! Para nós, é mais fácil Portugal ganhar a Alemanha – do que conseguir perder com a Albânia! Perder com a Albânia é uma proeza daquelas que estão ao alcance de poucos! Dir-me-ão: o futebol não interessa. É algo de menor relevância. O Futebol pode  ser algo irrelevante: mas a bandeira de Portugal, as cores da nossa Pátria, as nossas quinas, os nossos castelos, o nosso Brasão são realidades muitíssimo significativas. Quem enverga os símbolos de Portugal no peito, quem representa a nossa Pátria – tem de dar o máximo. Seja no futebol, no hipismo, na Academica, na Economia, na Investigação, em qualquer área. Há que honrar a nossa Pátria. A Federação, a equipa técnica e os jogadores merecem todos um valente “puxão de orelhas”. Não aceitamos que Portugal – no futebol ou em qualquer outro campo – com a…ALBÂNIA!!! Se os jogadores não queriam jogar, pegavam na equipa do Grupo Desportivo da Gafanha da Nazaré (que é muito perto de Aveiro) e ganharíamos 4-0! Sim, o Grupo Desportivo da Gafanha da Nazaré, sem correr muito, dava 4 aos albaneses! E muitos jogadores do Gafanha – pelo que sei – nem sequer são profissionais! 

2.    Vamos, então, à explicação do que se passou no domingo passado. Já ouvimos todos muitos comentadores de programas televisivos e lemos os jornais desportivos. Quem acertou na explicação do desastre? Absolutamente ninguém. Falaram da qualidade dos jogadores, da má qualidade da formação do futebol português, do Paulo Bento, da pressão de um agente de futebol (Jorge Mendes) e da influência decisiva da Oliverdesportos. Não, não e não. Não acredito que tamanho desastre – que tamanha VERGONHA! – possa ser explicada com tão comezinhas explicações. A explicação é outra – e bem mais discreta. 

3.    É que, o passado domingo, dia do jogo (7 de Setembro), coincidiu com o encerramento da Festa do Avante. Paulo Bento revelou as suas simpatias comunistas: quis oferecer este presente ao Camarada Jerónimo de Sousa e homenagear essa ideologia que tantas tragédias infligiu à Humanidade com outra tragédia (embora mais simbólica). Afinal, era esta a grande surpresa que os comunistas haviam prometido para a Festa do Avante! Para os comunistas, foi o melhor encerramento de sempre! É que a Albânia é um dos países amigos do PCP – um dos exemplos a seguir para a construção de uma sociedade sem classes, para a vitória da ditadura do proletariado (jogadores de todo o Mundo, uni-vos!!!), um modelo que o camarada Jerónimo quer implementar em Portugal! Um país onde todos são pobres, onde a miséria domina, onde o Estado põe e dispõe, não há ricos nem classe média…ah, que maravilha! Que paraíso para qualquer comunista, eu bom camarada Jerónimo! Mas melhor, melhor, Jerónimo, seria uma vitória da Albânia de outros tempos! Sim: quem não se lembra de a extrema-esquerda defender acerrimamente a albanização de Portugal? Para a festa ser perfeita, só faltou convidar o Presidente da democracia mais exemplar do planeta: a Coreia do Norte! Ui,  Coreia do Norte, com o seu sistema de distribuição da riqueza onde todos os sonhos são possíveis, onde os direitos, liberdades e garantias são levados a sério, onde os direitos das crianças são respeitados…ah! Jerónimo, Jerónimo: para o ano, por que não convidar a Coreia do Norte – e o Paulo Bento trata de perder com a selecção Nacional deles? Como a equipa está e o bom trabalho que tem feito, não deve ser muito difícil perder com a Coreia do Norte…Seria a apoteose na Festa do Avante! O nosso camarada Álvaro Cunhal nunca sonhou com dia tão esplêndido! Obrigado Paulo Bento! Obrigado, Pepe! Graças a ti – à tua deficiente marcação do avançado e aos vários golos (inacreditáveis) que falhaste – foste a estrela maior da Festa do Avante deste ano! Vamos lá, camaradas: Albanizar Portugal é o nosso objectivo!!! No Futebol, já conseguimos! 

4.    Uma última nota sobre a cidade de Aveiro. Este cidade teve um fim de semana alucinante: foi o escândalo da condenação do Armando Vara na sexta; o escândalo da derrota de Portugal frente à Albânia no domingo…Aveiro é outro mundo...

joaolemosesteves@gmail.com