Economia

Oficial: Salário mínimo sobe para 505 euros

Os parceiros sociais e o Governo já chegaram a acordo para a subida do salário mínimo para 505 euros a partir de Outubro, confirmou o SOL  junto de fontes do Executivo. Para minimizar os impactos nas empresas e assim obter o aval das entidades empregadoras, foi estabelecida uma descida dos descontos para a Segurança Social a cargo das empresas, em 0,75 pontos percentuais.


O salário mínimo vai aumentar 20 euros, face aos actuais 485 euros. As empresas terão a seu cargo uma contribuição para a segurança social de 23%, nos salários dos trabalhadores que actualmente recebem  a retribuição mínima.

Segundo os últimos dados disponíveis, deverão existir cerca de 400 mil trabalhadores a receber o SMN em Portugal.

A subida não deverá alterar a posição de Portugal lugar no ranking de salários mínimos nominais na Europa: continuará na 11.ª posição, atrás da Grécia, segundo dados do Eurostat referentes ao início deste ano.

Salários mínimos nacionais

 

 

 

joao.madeira@sol.pt