Vida

Três formas de manter 'certinhos' os níveis de colesterol

Nunca devemos dispensar os medicamentos receitados pelo médico. Mas existem alguns hábitos que podem ajudar os níveis de colesterol a manterem-se no sítio certo – não muito baixo (já que ajuda no processo de digestão e na produção de vitamina D), nem muito alto (pois pode entupir as artérias e provocar doenças cardiovasculares).

De acordo com o médico Memeth Oz, citado pelo site da apresentadora Oprah Winfrey, existem três rotinas que devem fazer parte do nosso dia-a-dia, de forma a conseguirmos este equilíbrio:

1. Consumir muitas leguminosas: Feijões, lentilhas e grão ocupam o topo da lista. Ingerir pelo menos uma vez por dia estes alimentos ajuda a diminuir o ‘colesterol mau’ em pelo menos 5%.

2. Uma maçã por dia, não faz ideia do bem que lhe fazia: Um estudo realizado em 2013 comparou os resultados do consumo diário de estatina - fármacos usados no tratamento da hipercolesterolemia e na prevenção da aterosclerose – e de maçãs. Conclusão: têm exactamente o mesmo efeito no que diz respeito à prevenção de ataques cardíacos, enfartes e outras doenças cardiovasculares.

3. Mexa-se: Fazer exercício aumenta os níveis do ‘colesterol bom’, explica o médico norte-americano. De acordo com estudos recentes, citados pelo site, cada vez que o ‘colesterol bom’ sobe, o risco de doenças cardíacas diminui cerca de 3%. Dr. Oz recomenda pelo menos 30 minutos de exercício por dia, cinco vezes por semana.