Sociedade

Legionella: Ministério da Saúde já abriu inquérito epidemiológico sobre surto

O Ministério da Saúde iniciou na sexta-feira "um inquérito epidemiológico para averiguar a fonte potencial de contaminação" e constituiu uma equipa liderada pelo Director Geral da Saúde para acompanhar o tema, disse à Lusa uma fonte oficial.

 


"Ontem [sexta-feira] foi iniciado inquérito epidemiológico para averiguar a fonte potencial de contaminação e vão ser tomadas medidas para a sua eliminação", disse à Lusa uma fonte oficial do Ministério liderado por Paulo Macedo, acrescentando também que a equipa constituída "é liderada pelo director geral de saúde".

A constituição da equipa foi motivada pelo surto de legionella que se registou na zona de Vila Franca de Xira, na sexta-feira, e que já fez uma vítima mortal hoje.

A equipa é constituída pela Direcção Geral de Saúde, Instituto Nacional de Saúde dr. Ricardo Jorge, delegados de Saúde e Administração de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, e o ministro tem "acompanhado pessoalmente a evolução da situação e participado em algumas reuniões".

Os trabalhos, conclui a fonte oficial do Ministério da Saúde, estão concentrados em duas frentes: "na assistência e tratamento dos doentes e na identificação da fonte de contaminação".

A bactéria legionella é responsável pela Doença dos Legionários, uma pneumonia grave, cuja infecção se transmite por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água ou por aspiração de água contaminada.

O que é a Legionella? Tudo o que precisa de saber sobre o surto que deixou Portugal em alerta, aqui.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.