Sociedade

José Sócrates detido

O ex-primeiro-ministro é suspeito de crimes de corrupção, fraude fiscal agravada, branqueamento de capitais e falsificação de documentos – apurou o SOL junto de fontes conhecedoras do processo.

Trata-se de uma investigação liderada pela Inspecção Tributária de Braga, no âmbito de um inquérito aberto no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP). Além de Sócrates foram detidos outros três arguidos.

A acompanhar as diligências, quinta e sexta-feira, que incluíram buscas, esteve o juiz de instrução Carlos Alexandre. A operação foi apoiada no terreno por agentes da PSP.

Os crimes em causa terão ocorrido nos dois mandatos em que Sócrates esteve à frente do Governo. Há mais três detidos.

felicia.cabrita@sol.pt

 

1- José Sócrates foi hoje detido

2 - Casa de Sócrates alvo de buscas

3 - Sócrates: 20 milhões escondidos

4 - Sócrates: Fortuna regularizada nos RERT

5 - José Sócrates: Paris e as casas compradas à mãe 

6 - Sócrates e o esquema com a Octapharma

7 - Sócrates comprou milhares de exemplares do seu livro