Economia

BES é o principal financiador da Fundação Mário Soares

Desde 2011, o BES atribuiu à Fundação Mário Soares um apoio financeiro de 570 mil euros. O grupo liderado por Ricardo Salgado é assim o maior financiador da instituição do ex-Presidente da República, avança o Correio da Manhã.

O último financiamento no valor de 300 mil euros foi feito em Março de 2013, cerca de um ano antes da crise no Grupo Espírito Santo.

O apoio do grupo foi dado no âmbito de dois contratos de mecenato, pagos em prestações anuais. O primeiro data de Abril 2011 e foi celebrado pela BESPAR, uma sociedade que detinha 35% do BES, num valor de 270 mil euros. Depois de expirar em 2013, foi assinado um segundo contrato de 300 mil euros, em Março, a vigorar até 2015. Deste último contrato, falta pagar uma parcela de 100 mil euros.

A Fundação Mário Soares foi criada em 1991, com o objectivo de realizar, promover e patrocinar acções culturais, científicas e educativas em diversas áreas.

Em 2013, o valor total do património da Fundação era de 4,46 milhões de euros. Outros dos principais mecenas da instituição são o Banco BPI, que contribui com 500 mil euros, o Ministério dos Negócios Estrangeiros, que financia 400 mil euros.