Internacional

Charlie Hebdo: Um dos suspeitos rende-se à polícia

Um dos presumíveis autores do atentado desta quarta-feira contra a redacção do jornal satírico Charlie Hebdo, em Paris, que matou 12 pessoas, rendeu-se esta noite às autoridades na cidade de Reims, leste de França.

A informação foi avançada pela imprensa francesa, que cita fontes da polícia.

As autoridades apuraram durante a noite as identidades dos presumíveis autores do massacre em Paris. Tratam-se de dois irmãos de 32 e 34 anos e de um jovem de 18. Os irmãos têm nacionalidade francesa e, tal como o terceiro suspeito, cuja nacionalidade não é conhecida, residem na área metropolitana parisiense..

Segundo o Le Point, os três indivíduos terão regressado recentemente da Síria, onde terão combatido nas fileiras radicais.

Já a edição francesa do Metro noticia que um dos irmãos encontra-se referenciado pelas autoridades francesas há vários anos, e que terá integrado um grupo radical que combateu no Iraque.

Em Reims, a polícia realizou buscas e terá sido nessa ocasião que um dos suspeitos, supostamente o mais novo, se rendeu.

Entrentanto, foi desmentida a informação que circulava durante a noite, que dava conta de que um dos suspeitos teria sido morto e os restantes detidos.

actualizada às 01h15