Vida

Um em cada três estudantes violaria uma mulher se não houvesse consequências

Um estudo norte-americano revelou que um terço dos estudantes violaria uma mulher se isso não tivesse qualquer consequência para eles.

O questionário, cuja maioria dos inquiridos são jovens americanos caucasianos, perguntou aos estudantes como é que agiriam numa situação onde pudessem ter relações sexuais com uma mulher contra a sua vontade, “sem que ninguém soubesse e se não houvesse consequências”.  

31,7% respondeu que teria relações sexuais com uma mulher nessas circunstâncias, ou seja, que a violaria.

Mais chocante ainda é que a maioria dos homens não reconhece esta atitude como uma violação, uma vez que quando lhes perguntaram directamente se violaria uma mulher, apenas 16,3% respondeu que sim.

“Alguns homens afirmaram que usaria a força para ter uma relação sexual mas negam ter violado uma mulher”, afirmaram os autores do estudo, realizado por universidades de North Dakota, ao Independent.

Quanto àqueles que afirmaram que violariam uma mulher, os investigadores explicam que são homens violentos para com as mulheres e não o escondem.