Politica

21.º partido português tem origem na Madeira

O política portuguesa conta com mais um partido político.

O JPP surgiu como movimento de cidadãos eleitores do Município de Santa Cruz DR

Chama-se ‘Juntos pelo Povo’ (JPP) e tem origem na Região Autónoma da Madeira, mais concretamente no concelho de Santa Cruz.

Trata-se, aliás, do movimento que hoje governa os destinos de Santa Cruz, uma das sete câmaras conquistadas ao PSD-Madeira nas últimas Autárquicas de 2013.

O JPP surgiu como movimento de cidadãos eleitores do Município de Santa Cruz “cujo objectivo essencial reside na promoção e na valorização da cidadania participativa”.

O símbolo do movimento foi elaborado tendo por base três ideias-chave: “A união faz a força” (Unidade); “juntos pela verdade” (Transparência) e “Antes quebrar do que torcer” (Resistência).

Agora, o movimento JPP foi formalmente aceite pelo Tribunal Constitucional (TC) como partido político.

Um dos fundadores do movimento e do agora partido é Élvio Sousa, eleito presidente da Junta de Freguesia de Gaula, na Madeira, nas últimas Autárquicas.

O TC não terá visto nenhum entrave ao processo de legalização do movimento enquanto partido.

O requerimento ao TC foi apresentado em Novembro de 2014. Na altura foram apresentadas mais de 10 mil assinaturas quando o mínimo exigível seriam 7.500.

Como em Portugal não existe a faculdade constitucional de criação de partidos regionais, o JPP teve de legalizar-se como um partido nacional.

Uma vez criado, o JPP pode concorrer a qualquer tipo de eleição embora não seja crível quer vingue no espaço continental.

Ainda assim, o JPP tem contactos para representatividade em Lisboa, no Porto e no Algarve.

No imediato, o JPP empenhar-se-á nas eleições legislativas regionais antecipadas.

O escrutínio está marcado para 29 de Março e, pela primeira vez, o JPP tem a possibilidade de eleger deputados para a Assembleia Legislativa Regional da Madeira. A 7 de Fevereiro será elaborada a lista de candidatos.

A base eleitoral do JPP está no concelho de Santa Cruz, mais concretamente na freguesia de Gaula, uma pequena Gália onde se resiste ao domínio social-democrata que governou a Madeira nos últimos 40 anos.

O JPP tem por mentores dois irmãos: Élvio e Filipe Sousa, o primeiro presidente da Junta e o segundo presidente da Câmara de Santa Cruz.